sexta-feira, novembro 25, 2011



Sinto-me como se o palpitante e ansioso coração fosse saltar-me, a qualquer instante, do lado hesitante do peito. Agarra-lo nas tuas mãos quando o fizer, por favor? Precisa apenas do teu quente toque para voltar a casa.

5 comentários:

joe disse...

que doce, obrigada :)

claire disse...

oh sério?é tão bom saber isso:))

Neuza disse...

de nada :)

Sayuri Okamoto disse...

agarro-me nas entranhas do seu ser, e me desfaço no seu corpo, me prendo cada vez mais no seu sorriso, pra esquecer de tudo...do todo...do resto...

beijos

Beatriz disse...

; adoro o teu blog
; estou a seguir-te, ♥
; beijinho