sexta-feira, setembro 16, 2011

Dúvidas

Nos momentos em que duvido daquilo que sinto, um vislumbre do que fomos assombra-me o espirito e volto a sentir-me presa ao passado. É assim que sei que as minhas dúvidas nunca passarão disso mesmo: bocados inquietantes de incerteza que me impedem de seguir em frente.

2 comentários:

Sayuri Okamoto disse...

um dia há de se libertar... e quando chegar essa hora você sentirá o sorriso ainda mais leve...


Beijos e abraços

broken_inside disse...

já esteve mais longe e já vou aprendendo a sorrir. Um dia de cada vez :)
Obrigada

Beijos