sábado, dezembro 01, 2012




Amo-te, queria ela gritar. Mas as palavras caíram por terra com o baque sonoro de sentimentos gastos...

2 comentários:

Raquel Neves disse...

Lindo.

Gonçasonblog disse...

nem sempre é preciso um grito. Um suspiro chegará.