quinta-feira, janeiro 12, 2012

indescritível.


Doí profundamente seguir em frente. Saberes que tens que tomar essa decisão, consegue ser mais doloroso que a dor de mil facas a rasgarem-te o tronco. Por vezes, parece-me que quanto mais tentas manter-te ligada a algo ou alguém, mais essa pessoa pretende fugir. Sentes-te como uma espécie de criminosa por teres sentimentos, por teres querido. Por teres desejado seres desejada da mesma forma. Perdes-te nesta confusão pois acreditas que os teus sentimentos eram errados e sentes-te tão pequenina porque não os consegues conter dentro de ti e os mesmos extravazam. Depois de o terem feito, é quase impossível voltar a escondê-los no teu interior. De repente, encontras-te sozinha e não sabes explicar o que aconteceu. Bolas, não existe situação pior que esta, pois não? É terrível e indescritivel, mas por muito que o queira negar, já me senti assim demasiadas vezes e, se calhar, tu também.

5 comentários:

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

está lindo e espero seriamente que essa dor passe

nicolemorais disse...

identifico-me tanto. espero que não venhas a sentir isso novamente. é, dói muito seguir em frente. força*

Bárbara Cunha disse...

Não há mesmo, escreves maravilhosamente bem, parabéns *-*

Catarina disse...

Essa dor passa, acerdita. Mais tarde ou mais cedo vais encontar um lado positivo ( mesmo que nao exista) vais entender, e daqui a um tempo olhas para este passado e ja vais ver tudo de uma maneira mais facil,e positiva. Acerdita, e muita força

Gonçasonblog disse...

Doi sempre.