terça-feira, outubro 18, 2011

amor esgotado.





Eu costumava esperar por ti. Passavam dias e dias até eu receber uma mensagem ou um olá, mas eu estava tão cega por ti que não conseguia ver os sinais.Esqueci-me que mereço melhor. Eu esqueci-me que o que realmente preciso é de alguém que me anime e que me adore, venere, que me ame por completo, do mesmo modo como eu te amei. Nunca receberei um bilhete enamorado ou o gesto de entrelaçar os dedos nos teus. Nunca mais voltarei a abraçar-te ou sentir o teu toque, nunca mais dar-te-ei um beijo ou deixarei que os meus dedos sequiosos percorram o teu pescoço, és pura e simplesmente demasiado cruel. Eu não consigo lidar com tamanha insensibilidade ou com o sarcasmo impertinente presente em cada palavra que me foi atirada. Não consigo lidar com o degradante comportamento em que estás encurralado. Tu estás arrependido? Bem, isso é realmente óptimo, mas eu não quero desculpas. Eu quero uma mudança de comportamento, uma mudança de carácter mas seria incapaz de to pedir pois conheco-te demasiado bem. Tu és assim, tu és assim e não me compete tentar mudar quem tu és. Eu aceito-te como tu és e sigo em frente com a minha vida. O meu amor esgotou-se.

3 comentários:

Dário Rodrigues disse...

Das piores coisas que podemos fazer é tentar mudar as pessoas...

nalini disse...

Oh obrigada.
E também te sigo (:

broken_inside disse...

concordo,Dário. É sempre melhor optar por seguir em frente quando a personalidade de outrém é incompativel com a nossa. :)