terça-feira, agosto 13, 2013

Segredos.



Guardo dentro de mim segredos que nunca contei a ninguém. O maior segredo que trago no meu peito, jamais alguém deveria saber. Serás tu capaz de ouvir as palavras e trancá-las dentro de ti? Mesmo que se trate de um segredo terrível que te estrangule a alma e suplique para ser libertado? Porque, na verdade, o segredo que albergo no meu coração é horrível. Faz-me rir em certos momentos e simultaneamente chorar. Torna-me feliz e deprimida ao mesmo tempo. É um sonho que demasiadas vezes transforma-se em pesadelo. Um segredo gigante que me devora o interior. Gostava de poder dizer ao mundo inteiro mas não: é um segredo. Mas tu não és todo o mundo, pois não? Posso contar-te o que me atormenta, porque tu conheces-me extremamente bem logo não estaria a violar nenhuma regra. Mas é grave que me conhecas assim tão bem. Conheces os meus pontos fracos. Sabes que não sou a epítome de perfeição. Agora consigo perceber que estás assustado e não queres continuar a ouvir o que tenho para te dizer. Mas será que tu querias verdadeiramente saber em que consiste este segredo tão terrível? Ah, por isso continuas a ouvir estas minhas palavras ainda que o receio se entranhe nos teus poros e faça estremecer o teu cerne. És curioso! É, realmente, um segredo nosso, se tu quiseres esquecer que um dia o soubeste, eu compreenderei. É complicado encontrar as palavras adequadas para explicar em que consiste. É um belo segredo que me faz sofrer. Estás preparado? Então ouve bem estes pequenos vocábulos que te entrego em mãos... " Eu amo-te". E sabes que mais? Estou completamente feliz por sentir-me assim.

1 comentário:

Pedacinhos de mim disse...

Boa tarde,

Que agradável surpresa ler estas palavras. Hoje soube tão bem aqui passar e sentir cada frase.

Com toda a certeza vou voltar.

Um Beijo :)