quarta-feira, dezembro 06, 2006


Ás vezes a realidade devia ser proibida.

Sem comentários: