segunda-feira, julho 17, 2006

Morta


Não sei dizer porquê. Por mais que busque dentro de mim não consigo encontrar uma resposta minimamente coerente e racional. Talvez a resposta esteja aí mesmo, não há qualquer racionalidade. Tudo parte do meu emocional inconsciente que te escolheu sem me pedir permissão. No entanto, acho que pela primeira vez estou muito feliz por ter sido desobedecida. O meu emocional fez uma excelente escolha, que eu não compreendo mas aprovo totalmente.
Por vezes apodera-se de mim uma súbita tristeza que me tortura por completo. Não compreendo o que ela procura afectar em mim, não percebo por que faz tanta questão de me jogar ao chão. Fico assim morta-viva sem reacção para saber sequer quem sou. A minha alma deixa-me aqui sozinha e vazia, apenas corpo imperfeito, mutilado e percorrido pela dor. Vejo a minha alma voar por cima de mim, flutuando por entre as nuvens como se estivesse no mar. Ela ri-se de mim enquanto eu morro, literalmente.

6 comentários:

Anónimo disse...

Very pretty site! Keep working. thnx!
»

Anónimo disse...

I find some information here.

Anónimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anónimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anónimo disse...

I'm impressed with your site, very nice graphics!
»

Anónimo disse...

I'm impressed with your site, very nice graphics!
»