domingo, setembro 02, 2012

Talvez...


Talvez eu não tenha realmente te esquecido, talvez sejas a última pessoa em que penso antes de adormecer, talvez sejas a primeira que me atravessa a mente quando acordo, talvez visites o meu subconsciente ocasionalmente, talvez eu tenha deixado demasiadas palavras por pronunciar, consequência dos medos terríveis que me assolavam a alma sempre que ponderava as tuas reacções intempestivas, talvez eu sinta uma necessidade urgente de telefonar-te e perguntar-te simplesmente como estás e se sentes a minha falta, talvez tenha um desejo estranho de aparecer inesperadamente á tua porta apenas para saber se tu a abririas para mim, talvez eu ainda queira dar-nos uma nova oportunidade. Talvez. Mas decididamente, não. Eu escolhi excluir-te definitivamente da minha vida e talvez isso seja o suficiente para esquecer-te e apagar-te irreversivelmente da minha memória. Talvez...

4 comentários:

sílvia sampaio disse...

comigo é frequente :s vejo-o em todo o lado, involutáriamente. mas também ás vezes procuro-o sempre sem sucesso... é como este teu post. um talvez :s
oh, o meu blog ali ao lado hihi :$

Pipo Santos disse...

Talvez a vida um dia nos proporcione todas as respostas para as nossas dúvidas! *

Sayuri Okamoto disse...

um talvez que queira que seja verdade...

Catarina disse...

Talvez consigas ficar bem.
Esta lindo :)