segunda-feira, outubro 24, 2011




Julgo que a nossa separação magoa-me tanto porque as nossas almas estão conectadas. Talvez sempre tenham estado e estarão. Podemos ter vivido mil e uma vidas anteriores a esta e em todas encontrámos o caminho um até ao outro. E pondero, se em cada uma dessas vidas separámo-nos pelas mesmas razões.
Significaria que esta despedida é, simultaneamente, um adeus em consequência dos últimos dez mil anos e um prelúdio ao que ainda advirá...

4 comentários:

Sayuri Okamoto disse...

com certeza amor, sempre ocorrerá um encontro depois do outro...

Sara * disse...

este post está lindooooooo
adoro o teu blog, sigo :)*

aimee rose disse...

adoro o teu blog *.* sigo!

inês disse...

adoro!
sigo :)