quinta-feira, junho 10, 2010

ainda...


Quero sair desta caixa fria de cartao.
Disseste-me e eu sorri, por sentir dentro de mim que era a corda usada por ti para escapares.
Mas os meus labios fecharam-se para ti, apagando o sol entre nos.
Veio o frio, veio a nevoa, veio a neve...
E eu nao te apertei como apertava,contra o meu peito cheio de medo.
E veio a chuva, veio o sol, veio a noite e eu nao te aconcheguei nos cobertores, nos lencois...
E a cortina fechou-se dentro de nos.

No quarto nao eramos mais tu e eu...
E deixamos de nos (re)conhecer...
E a lua cheia chegou ao fim...

So tu e eu entendemos estas palavras... AINDA.

Sem comentários: