sábado, setembro 01, 2007

Cuidado com as facas...


Que belo cadaver darias tu!! Nao consigo deixar de pensar enquanto penetro nas profundezas dos meus morbidos pensamentos...
Fantasio-te inerte, coberto de flores num caixao da cor da tua alma.
Os teus amigos (quais amigos??) despedindo-se da tua imagem que tanto me agradava e aquela voz que tantas vezes me assombrou de uma vez por todas...calada!!
Muitas lagrimas, muitas tristezas, e tu calado, sem sentimento algum (como sempre!!). Imagino o prazer que me daria ver o teu corpo descer no escuro da terra ao mesmo tempo que a tua lembranca se camufla no escuro na minha memoria...
Ontem á noite nao estavas assim. Nao, nao estavas. Estavas com aquele sorriso presuncoso no rosto, os olhos azuis fixos em lugar nenhum e a atencao o mais longe de mim possivel. Meu nino gande, a culpa foi toda tua. Nos poderiamos ter tido uma vida normal,quem sabe até um futuro feliz. Mas nao, tu nao me deixaste escolha. Ok, talvez eu devesse ter sido um pouco mais cautelosa no que diz respeito á dor que sentiste, mas tinhas que pagar até ao fim pelo sofrimento que me causaste!!
Eu queria poder falar contigo uma ultima vez. Só mais umas perguntas. Odeias-me assim tanto depois do que te fiz? Era assim tão dificil ou apenas assustaste-me com a situação? Para que tantos gritos? Ja me devias conhecer o suficiente para saber que era certo ser este o teu destino... para que tentar fugir?
Bem, estás livre agora. Livre dos teus pecados, absolvido dos teus crimes e perdoado pelos teus erros. " Dor por prazer"... não foi assim tao mau, pois não?
Entretanto, és muito mais forte do que eu imaginava. E tu não imaginas o trabalho que me deu todo aquele sangue na minha cozinha. De qualquer forma eu nao poderia deixar ninguem saber o que eu haVia feito. Não podia deixar ninguem saber que independentemente do metodo usado, eu conseguia sempre o que queria. Perdao, nao me expressei bem. Não era para dizer " o que queria" e sim " o que precisava". Mas ainda preciso te pedir desculpa por uma unica coisa: acho que interrompi os teus sonhos, ou nao dei tempo suficiente para que os pudesses concluir.
Nao era para ser assim, nao era!!!! Ao menos agora aprendes a nunca mais nao me amar...

Sem comentários: