domingo, julho 15, 2007

Uma relação.


Já vais?

Tenho que ir, o tempo correu, e eu tenho que ir.

Voltas?

Prometo. Agora com este horário é mais fácil estar contigo.Eu volto.
*sorri*

Eu retribuo o sorriso
Abraça-me, por favor.

*ele abraça-me*


Por momentos senti que algo estava mal, algo demasiado forte me fez aperta-lo como se fosse a ultima vez que o tivesse nos meus braços.Mas ele tinha que ir, afinal de contas, era a vida dele, deixei-o partir.
Vejo-o afastar-se, tinha que ir rápido pois pouco faltava para o comboio, não voltei as costas enquanto não o vi desaparecer, e mesmo depois lá fiquei à espera que voltasse…Engraçado…espero até hoje, e não é que não voltou mesmo?
Afinal eu tinha razão, foi mesmo a ultima vez, e aquele “adeus” foi mesmo aquele que eu temia.
O ultimo.

Sem comentários: