domingo, julho 22, 2007

Sinto falta de mim em ti...


Sinto a falta do abraço que nunca pedi, do beijo que nunca roubei, do carinho que nunca te dei... sinto a falta de palavras que nunca disse, de gestos que nunca fiz, de sorrisos que são teus, mas nunca tornei meus também, sinto a falta de tudo o que não vivi... Sinto a falta de quem podia ter sido mas já não posso... do que nunca me dei conta de querer senão agora que não posso mais recuperá-lo... sinto a falta das noites em que olhava para a lua e via o teu coração procurando o meu... agora olho para o céu e só me devolve o meu reflexo.



Se soubesses as saudades que sinto das tardes que nunca passei contigo, de todos os momentos que nunca compartilhámos, de todos os poemas que não te escrevi...



Caminho pelo parque e procuro-te onde nunca estás... Enterro os pés na areia da praia e pergunto às ondas se as tens pintado nos teus versos, sinto o vento no rosto e procuro, em vão, no seu ritmo, o eco de conversas que nunca tivemos... Desfolho as páginas de um livro e pergunto-lhe se já o leste enquanto te procuro a cada linha, e me perco a cada letra...

Sem comentários: