quinta-feira, julho 20, 2006

Se eu morresse amanhã...


Se eu morresse amanhã, sentirias a minha falta? Chorarias pela minha ausência ou sentirias uma liberdade pela qual ansiavas á muito?
Ages como se nunca tivesses tido amor verdadeiro, logo os meus sentimentos nunca significaram nada para ti... Nada...
Calaste-me com beijos venenosos, de sabor a nada e que me agravaram o sofrimento ao invés de o atenuar como pretendias...
E que vais fazer quando te encontrares sozinho? Quando olhares ao teu redor e vires que todos te abandonaram... inclusive quem não esperavas que o fizesse. Tu próprio.
Cemitério de palavras em teu mundo, morro-me por ti a pouco e pouco. Porque sei o quanto sofres com ausências de ti prolongadas, porque sempre penso em ti antes de pensar em mim. Sinto-te aos poucos e cada vez mais. O teu sofrimento doi-me. Doi-te quase muito.
E lutas, agonias, e eu luto e agonio por ti. Sofres e eu sofro contigo. Amas e eu amo contigo. Se ao menos não me deixasses odiar sozinha...
E se eu morresse amanhã, facilitar-te-ia o que vens a adiar? O que terás de fazer assim que tiveres coragem?
Se eu me fosse, ajudar-te-ia na tua felicidade? Mata-me como pensas fazer e poderás ser feliz...


Se eu morresse amanhã, amar-te-ia com a mesma intensidade de sempre...

2 comentários:

Anónimo disse...

Interesting website with a lot of resources and detailed explanations.
»

Anónimo disse...

Your are Excellent. And so is your site! Keep up the good work. Bookmarked.
»