sexta-feira, julho 07, 2006

Mórbido



Vontade de te esquartejar vivo. De te laquear a boca e de te ouvir gritar com o olhar. Talhar do peito ao umbigo e observar teu sangue fluir lentamente...
Depois de te abandonar lá, sentar num canto e ficar vendo a tua aflição, o teu sofrimento que apesar de toda a dor, não se compara ao que tu me causaste.
Poderia passar horas vendo a tua vida se escapar sem pressa nenhuma.
E logo após o teu ultimo suspiro, depois que o sangue esfriar, fazer amor contigo...

2 comentários:

Anónimo disse...

Great site lots of usefull infomation here.
»

Anónimo disse...

I find some information here.