quarta-feira, julho 19, 2006

Coração em mãos ensanguentadas de ti


Será que se eu cortar os pulsos alguém se importa?
Será que alguém vai sentir a minha falta e vai chorar a minha morte? Talvez, mas logo vão me esquecer e vão seguir em frente...
Corto os pulsos, primeiro o direito, depois o esquerdo, vejo o sangue escorrer-me pelos bracos ou se eu virar vejo o sangue cair no chão...
Escrevo o teu nome enquanto os meus pulsos continuam a sangrar, algo me magoa no bolso, é o telemovel... Tiro-o e mando-te uma mensagem, custa-me escrever mas quero faze-lo...


" Sei que não te vais importar mas quis dizer-te... cortei os pulsos, o mundo sem ti não faz sentido, então cortei os pulsos e escrevi o teu nome no chão com o meu sangue...agora já sabes por isso quando te derem a noticia da minha morte já estás preparado... Amei-te, amei-te tanto que enlouqueci e o mundo deixou de fazer sentido. Eras a minha unica cura mas não quiseste amar-me...
Adeus, não te chateio mais... mas amo-te"
Envio a mensagem, sinto-me cada vez mais fraca, penso realmente se é isto que quero fazer e descubro que sim, sem ti nada faz sentido...
Alguem chega a casa, é a minha companheira de quarto, ela entra na casa de banho, grita e sai, sei que foi chamar a ambulância mesmo contra a minha vontade... quando volta á minha beira, digo-lhe...
" Estou louca e não quero viver assim, sem ele nada faz sentido e o mundo deixou de ser um lugar para mim..."
O telemovel apita antes de ela ter tempo de me responder, peco-lhe para colocar o telemovel á minha frente para eu ler a mensagem já que não tenho forcas para pegar nele... é uma amiga minha e eu desito de ler a mensagem, pensei que eras tu mas não és... será que pensas que estou a brincar ou simplesmente não queres saber?
Não sei... mas tambem não vou estar cá para descobrir, sinto-me fraca e a levitar, os bombeiros chegam, tentam parar o sangue que sai dos meus pulsos, levam-me para o hospital, tentam salvar-me a vida mas ao faze-lo apenas estariam a me condenar ao sofrimento, uma pessoa é livre de escolher e eu escolhi morrer...
Sinto-me leve e a levitar, consigo ver o meu copro lá em baixo mas eu estou cá em cima, morri...
Sim, consegui... vejo a minha amiga chorar ao receber a noticia, lamento o sofrimento que lhes causei mas acredito ser melhor assim... vejo a minha mãe desesperada e digo-lhe ao ouvido que a amo e que sempre estarei com ela, sei que ela ouviu porque acalmou-se.
Vejo a minha amiga telefonar para ti e vou até onde estás para ver a tua reacção, estás-te a rir quando o telemovel toca, estás tão lindo...dão-te a noticia mas tu não reages, és frio e desligas o telemovel, levantas-te e vais passear, não dizes nada e não percebo a tua reacçao...
Vejo alguem chegar e dar-te um beijo, é a tua namorada, contas-lhe e ela diz que fiz um favor ao mundo... que livrei-o da minha má influência...
Sim, talvez ela tenha razao mas choro ao ouvir isto, alguem lá em cima chama-me, chegou a hora de ir-me embora para sempre, mas não sem antes te dar um beijo nos lábios...
Serás sempre o meu amor...

4 comentários:

Anónimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anónimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anónimo disse...

This site is one of the best I have ever seen, wish I had one like this.
»

Anónimo disse...

Interesting site. Useful information. Bookmarked.
»